Cerimónia de entrega do Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica acontece a 23 de maio

A cerimónia de entrega de Prémios da 10.ª edição do Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica acontece no próximo dia 23 de maio, entre as 16h e as 18h, no i3S – Instituto de Investigação e Inovação em Saúde, no Porto.

A cerimónia contará com a apresentação dos três projetos finalistas de uma das edições mais competitivas e concorridas deste galardão. Além do 1.º Prémio no valor de 20 mil euros, um dos mais elevados nesta área em Portugal, o Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica atribui ainda duas Menções Honrosas a projetos que se destacaram entre as 72 candidaturas recebidas.

À 10.ª edição do Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica candidataram-se investigadores com projetos nas áreas do Cancro (15), Doenças Neurodegenerativas (12), Neurociências (13), Células Estaminais e Regeneração Celular (10), Microbiologia (6), Infeção e Imunidade (5), Fertilidade (3), Doenças Cardiovasculares (3), Malária (2), Diabetes (2) e Bioengenharia (1).

O júri da edição deste ano foi constituído por um painel de cientistas de centros de investigação de doze países, entre eles o MRC – Medical Research Council (Reino Unido), a Universidade de Utrecht (Holanda), o Inserm – Instituto Nacional da Saúde e Investigação Médica (França), a Mayo Clinic (EUA), a Nanyabg Technological University (Singapura), a Universidade de Frankfurt (Alemanha), o Centro de Medicina Regenerativa de Barcelona (Espanha) e a Universidade de Palermo (Itália), entre outros.

O Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica, que resulta da parceria entre a Crioestaminal e a Associação Viver a Ciência, visa distinguir e apoiar projetos de jovens investigadores, portugueses ou estrangeiros, doutorados há mais de três anos e há menos de dez, que se proponham a realizar um projeto de investigação autónomo, na área da Biomedicina numa instituição portuguesa.