Foi realizado com sucesso o primeiro transplante com uma unidade criopreservada de sangue de cordão umbilical (SCU) expandido

A Gamida Cell Ltd. anunciou recentemente o primeiro transplante com uma amostra criopreservada do seu produto derivado de sangue do cordão umbilical – NiCord®.

Esta empresa, com sede em Israel, tem apostado na expansão de células estaminais de sangue do cordão umbilical (aumento do número de células) para permitir o acesso a esta fonte de células estaminais a mais doentes, ultrapassando a limitação do número de células existente em cada amostra de SCU. No ano passado publicaram os resultados de um ensaio clinico, utilizando um produto que resulta da expansão de uma amostra de sangue do cordão umbilical através de uma tecnologia própria, ao qual deram a designação de NiCord®. Os resultados publicados foram muito positivos, demonstrando que o NiCord® potencia um maior sucesso dos transplantes.

Atualmente a Gamida tem dois ensaios clínicos a decorrer com o NiCord®, um para o tratamento de doenças hematológicas malignas e outro para tratamento de anemia falciforme severa. Mas até ao momento o Nicord® sempre foi utilizado “fresco”, isto é, após a sua produção existia um intervalo de tempo limitado durante o qual o NiCord® tinha de ser utilizado no doente, o que limitava a sua produção e utilização pois tinha de ser produzido em instalações próximas do local onde seria aplicado.

A inovação agora anunciada consiste na criopreservação de uma unidade de NiCord®, que foi depois aplicada num doente. Os investigadores expandiram as células estaminais de sangue do cordão umbilical, segundo o protocolo por eles desenvolvidos, obtendo uma unidade de NiCord® que criopreservaram. Posteriormente, o NiCord® foi descongelado e utilizado como habitualmente no doente, sem qualquer efeito adverso e sem afetar a sua eficácia. Na sequência deste sucesso, que demonstra ser possível congelar amostras de sangue do cordão umbilical expandidas para serem utilizadas posteriormente, os investigadores anunciaram que a Gamida Cell irá agora utilizar exclusivamente unidades de NiCord® criopreservadas.

Esta formulação criopreservada do NiCord® apresenta algumas vantagens pois permite que todas as unidades sejam produzidas em laboratórios centralizados e que possam depois ser transportadas em segurança para qualquer localização sem afetar a eficácia do produto, o que permite aumentar a área geográfica de utilização destas amostras. Permite ainda flexibilizar o momento da aplicação, podendo as unidades de Nicord® ser armazenadas até que o doente esteja nas melhores condições para receber o transplante.

Fonte:

http://www.gamida-cell.com/press_item.asp?ID=60