Importância das acreditações internacionais para a elegibilidade de utilização das amostras no estrangeiro

São duas as entidades a nível mundial que estabelecem e definem critérios de qualidade específicos para o processamento e armazenamento de células estaminais do cordão umbilical: a Associação Americana de Bancos de Sangue (AABB – American Association of Blood Banks) e a Foundation for the Accreditation of Cellular Therapy (FACT).
A acreditação de um banco pela AABB certifica que os processos desse banco se apresentam em conformidade com as normas estabelecidas pela AABB no que diz respeito às fases de recolha, processamento, criopreservação, análise e distribuição das células estaminais do sangue do cordão umbilical. Esta acreditação representa a mais importante distinção ao nível da qualidade que um laboratório de criopreservação de células estaminais pode obter. Para a conquistar os bancos de criopreservação têm que obedecer a rigorosos critérios de qualidade, sendo sujeitos a avaliações feita por especialistas da AABB.
Alguns ensaios clínicos em terapias celulares têm entre outros requisitos, para a elegibilidade de doentes, a acreditação pela AABB do banco onde as amostras de células se encontram armazenadas, para que as mesmas possam ser usadas nos ensaios clínicos em questão. Como consequência só crianças cujos pais escolheram bancos acreditados para a criopreservação das células dos seus filhos são elegíveis para esses ensaios. Quem conduz o ensaio clínico pretende, com esta exigência, ter a garantia de que a amostra foi recolhida, processada, criopreservada e eventualmente transportada para o local de transplante nas melhores condições.
A acreditação pela AABB é assim um indicador que assegura aos clientes de um banco de sangue do cordão que este trabalha com elevada qualidade em todos os passos em que a sua actividade se encontra envolvida de modo a garantir a máxima segurança na aplicação das amostras que processa e armazena.