Células estaminais do cordão umbilical eficazes no tratamento de osteoartrite

Um ensaio clínico recente demonstrou que as células estaminais mesenquimais (MSC, Mesenchymal Stem Cells) presentes no tecido do cordão umbilical conseguem reduzir a dor no joelho associada a osteoartrite. A osteoartrite, ou osteoartrose, é uma das principais causas de incapacidade na população adulta e estima-se que haja atualmente mais de 30 milhões de pessoas afetadas por este problema. Caracteriza-se pela destruição progressiva da cartilagem das articulações afetadas, originando dor, rigidez e dificuldade de movimentos. A terapêutica disponível atualmente inclui anti-inflamatórios, que podem ser tomados oralmente ou injetados localmente, infiltrações de ácido hialurónico, ou mesmo cirurgia para substituição da cartilagem danificada. Embora não exista cura para a osteoartrite, tem-se assistido, nos últimos anos, ao desenvolvimento de tratamentos inovadores, à base de células estaminais, com potencial para … Continuar a ler

Ensaio clinico com tratamento pioneiro utilizando dois tipos de células estaminais de cordão umbilical para o tratamento da Paralisia Cerebral

Foi recentemente anunciado o lançamento de um novo ensaio clinico utilizando um tratamento inovador para a Paralisia Cerebral. Este ensaio clinico envolverá vários centros clínicos e irá averiguar a segurança e eficácia da infusão dupla de dois tipos de células estaminais autólogas derivadas de sangue e tecido do cordão umbilical. O ensaio clinico irá utilizar uma amostra de sangue do cordão umbilical e uma amostra de células mesenquimais de tecido do cordão umbilical expandida ex-vivo. Atualmente existem vários estudos clínicos internacionais centrados no uso de células estaminais do cordão umbilical para o tratamento da paralisia cerebral, mas a utilização das células mesenquimais do tecido e do sangue do cordão umbilical em conjunto é uma novidade. A Paralisia Cerebral resulta de uma lesão ou anomalia no … Continuar a ler