Tecidos obtidos em laboratório transplantados com sucesso em humanos

Médicos e cientistas ambicionam que a medicina regenerativa possa constituir um tratamento alternativo para a substituição ou reconstrução de tecidos e orgãos. Muita investigação tem sido desenvolvida nesta área e alguns avanços tem sido publicados, quer em laboratório, quer em humanos. Neste contexto foram publicados dois artigos científicos que revelam grandes avanços na área da medicina regenerativa. Um artigo descreve a reconstrução do Nariz em 5 doentes e outro a reconstrução de vaginas em 4 adolescentes. Integrados num ensaio clinico de fase I, 5 doentes foram submetidos a uma cirurgia de reconstrução do nariz após lhes ter sido removido uma porção deste devido a um cancro de pele. Foram isoladas células do nariz (especificamente do septo nasal) de cada doente, que foram colocadas em cultura … Continuar a ler