Ensaio Clínico Europeu avalia Tratamento de Fraturas Ósseas com Recurso a Células Estaminais

O projeto, cujo financiamento pela União Europeia excede os 6 milhões de euros, visa a realização de um ensaio clínico para avaliar a segurança e a eficácia da utilização de células estaminais derivadas de medula óssea para o tratamento de fraturas de ossos longos de difícil recuperação. O Hospital Universitário La Paz, em Madrid, lidera este projeto internacional, denominado Orthounion, que conta com a colaboração de 20 hospitais europeus, localizados na Alemanha, França, Itália e Espanha. Utilização conjunta de Células Estaminais de Medula Óssea e um biomaterial cerâmico no tratamento de fraturas ósseas Em determinados casos de fratura dos ossos longos, há necessidade de proceder a um enxerto ósseo autólogo (autoenxerto), em que é retirada uma porção de osso do próprio doente e depois colocada … Continuar a ler