Aprovado tratamento com células estaminais para complicações da Doença de Crohn

A Comissão Europeia aprovou, recentemente, a comercialização de um produto de terapia celular constituído por células estaminais do tecido adiposo expandidas em laboratório, denominado Alofisel, destinado ao tratamento de fístulas perianais em adultos com Doença de Crohn. Esta aprovação surge no seguimento de um parecer favorável da Agência Europeia do Medicamento, baseado nos resultados obtidos num ensaio clínico de fase III, que demonstrou a eficácia a longo-prazo desta nova terapêutica. A Doença de Crohn caracteriza-se pela inflamação crónica do trato gastrointestinal, levando ao aparecimento de sintomas como oclusão intestinal, diarreia e dor abdominal. Em Portugal, a sua incidência tem vindo a crescer nos últimos anos, estimando-se que afete 73 pessoas por cada 100.000 habitantes. Uma das complicações mais comuns da doença de Crohn é a … Continuar a ler