Aplicação de células estaminais no coração beneficia doentes com insuficiência cardíaca

Está atualmente a decorrer um ensaio clínico de fase III para investigar se doentes com insuficiência cardíaca crónica poderão beneficiar do tratamento com células estaminais mesenquimais. Este estudo pretende encontrar soluções alternativas para estes doentes, que apresentam um elevado risco de morte ou de sofrer episódios cardíacos graves que requerem hospitalização. Apesar dos progressos na prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares, estas continuam a ser a principal causa de morte em Portugal e na Europa, constituindo, também, uma das mais importantes causas de incapacidade e invalidez. Com o envelhecimento da população, antecipa-se um aumento significativo dos portugueses afetados por estas doenças, e só com insuficiência cardíaca o número poderá atingir cerca de meio milhão em 2060. A progressão da insuficiência cardíaca está associada a inflamação … Continuar a ler

Células estaminais em estudo para fortalecer o coração de crianças com cardiopatia congénita

Cerca de um em cada 100 bebés nasce com uma anomalia cardíaca congénita. Hoje em dia, é possível, em muitos casos, diagnosticar as cardiopatias congénitas antes do nascimento e preparar todo o plano de tratamentos e acompanhamento indispensáveis para melhorar a esperança de vida destas crianças. A síndrome da hipoplasia do coração esquerdo é uma cardiopatia congénita muito rara, em que o lado esquerdo do coração se encontra severamente subdesenvolvido. Caso não seja corrigido através de cirurgia, este problema é fatal, pois o coração não consegue bombear sangue de forma eficaz. O tratamento desta patologia tem evoluído muito desde os anos 80 e atualmente envolve 3 cirurgias efetuadas nos primeiros 3 anos de vida da criança. A primeira cirurgia é realizada nos primeiros dias de … Continuar a ler

Doentes com Insuficiência Cardíaca melhoram após infusão com Células Estaminais do Cordão Umbilical

A insuficiência cardíaca é um problema grave de saúde pública, que afeta mais de 23 milhões de pessoas em todo o mundo. Entre 1-2% da população adulta nos países desenvolvidos sofre desta doença e estima-se que a prevalência entre a população com idade superior a 70 anos ultrapasse os 10%. Sintomas como falta de ar e cansaço podem ser sinais de insuficiência cardíaca, cujas causas mais comuns em Portugal são a hipertensão e a doença coronária. Há mais de uma década que se estuda o tratamento da insuficiência cardíaca recorrendo a células estaminais, com resultados promissores. As mais utilizadas têm sido as da medula óssea, no entanto, a utilização de células estaminais mesenquimais do tecido do cordão umbilical (UC-MSC) torna-se mais vantajosa devido à colheita … Continuar a ler

Resultados de um ensaio clínico de fase 2 para o tratamento de insuficiência cardíaca congestiva com células mesenquimais

Foram recentemente apresentados os resultados de um ensaio clínico de fase 2, que avaliou o tratamento com células mesenquimais precursoras alogénicas em doentes com insuficiência cardíaca congestiva. A insuficiência cardíaca congestiva (ou insuficiência cardíaca) é uma doença em que a quantidade de sangue que o coração bombeia por minuto é insuficiente para satisfazer as necessidades de oxigénio e de nutrientes do organismo. As causas para a insuficiência cardíaca são variadas, sendo mais frequente em pessoas mais velhas. Esta doença afeta cerca de 23 milhões de indivíduos em todo o mundo, e apesar destes poderem viver vários anos, cerca de 70% dos doentes morrem nos primeiros 10 anos após o diagnóstico. A empresa Norte Americana Mesoblast, com foco na área da medicina regenerativa, desenvolveu um ensaio … Continuar a ler