Transplante de Sangue do Cordão Umbilical entre irmãs para o tratamento de Leucemia Linfoblástica Aguda

Elham, uma menina iraniana de 12 anos, foi diagnosticada em 2014 com leucemia linfoblástica aguda (LLA), um tipo de cancro que se caracteriza pela produção excessiva de glóbulos brancos imaturos, interferindo com as funções vitais do organismo. Por altura do diagnóstico, a mãe de Elham descobriu que estava grávida de uma menina, Fatima, que viria a ser a chave para o sucesso do tratamento da irmã mais velha. Atualmente, o sangue do cordão umbilical é utilizado para tratar mais de 80 doenças, nomeadamente leucemias, linfomas, anemias, hemoglobinopatias e imunodeficiências congénitas. Tal como a medula óssea, o sangue do cordão umbilical pode ser utilizado em transplantes hematopoiéticos para reconstituir o sistema sanguíneo e imunitário destes doentes. O maior entrave à realização de transplantes hematopoiéticos é encontrar … Continuar a ler

Células do Sangue do Cordão Umbilical modificadas para localizar e eliminar células cancerígenas

Um grupo de investigadores do MD Anderson Cancer Center, da Universidade do Texas, publicou na revista Leukemia os resultados do seu mais recente trabalho sobre a utilização de células do sangue do cordão umbilical modificadas para tratar alguns tipos de linfomas e leucemias. Desde há algum tempo que se recorre à modificação de células do sistema imunitário no sentido de estas reconhecerem e eliminarem mais eficazmente células cancerígenas. Geralmente são recolhidas células T (um tipo de células do sistema imunitário) do doente, que são modificadas e depois reinfundidas no próprio após quimioterapia, ajudando na eliminação das células cancerígenas remanescentes. No entanto, esta metodologia está longe de ser a ideal, pois o doente tem que esperar algumas semanas até que as células modificadas estejam prontas para … Continuar a ler