Terapêutica com células estaminais após cirurgia ao menisco do joelho pode reduzir a dor e regenerar o menisco

Mais de um milhão de procedimentos de artroscopia do joelho são realizados todos os anos nos EUA, principalmente para o tratamento de lesões do menisco – peças de cartilagem em forma de cunha que funcionam como “amortecedores” entre o fémur e a tíbia na articulação do joelho.
De acordo com um estudo recente, publicado na edição de Janeiro do Journal of Bone and Joint Surgery, uma única injeção de células estaminais mesenquimas (MSC) após cirurgia ao menisco do joelho pode proporcionar alívio da dor e ajudar na regeneração do menisco.

O estudo envolveu 55 doentes, com idades entre 18 e 60 anos, que foram submetidos a uma meniscectomia medial parcial (remoção cirúrgica de todo ou parte de um menisco rasgado) em 7 instituições médicas. Os doentes foram aleatoriamente colocados num dos três grupos de tratamento: o grupo A (n=18) recebeu uma dose baixa (50 milhões) de MSC, 7 a 10 dias após a cirurgia ao menisco; o grupo B (n=18) recebeu uma dose maior (150 milhões) de MSC, e o grupo controlo (n=19) apenas recebeu hialuronato de sódio. Os doentes foram estudados para avaliar o grau de regeneração do menisco (através de imagens de ressonância magnética e de raios X), o estado geral do joelho, a segurança do procedimento e outros parâmetros clínicos, durante 2 anos.

A maioria dos doentes que receberam uma única injeção de MSC após a cirurgia de remoção de parte ou de todo o menisco rasgado apresentaram uma redução significativa da dor. Alguns doentes, 24% do grupo A e 6% do grupo B, tiveram pelo menos um aumento de 15% no volume do menisco, um ano após o procedimento, não tendo sido observado aumento adicional no volume meniscal no segundo ano. Nenhum dos doentes do grupo controlo atingiu o limite de 15% de aumento do volume meniscal. Os doentes com osteoartrite tiveram uma redução considerável da dor nos grupos de tratamento com MSC enquanto no grupo controlo não houve redução da dor. Os resultados demonstraram ainda que as MSC podem ser administradas de forma segura na articulação do joelho, sem formação de tecido anormal.

Para um dos autores deste estudo, o Dr. Vangsness, que se mostrou bastante satisfeito com o sucesso de uma única injeção de MSC, os resultados globais deste estudo sugerem que as MSC têm potencial para melhorar o estado geral da articulação do joelho.

Link: http://jbjs.org/article.aspx?articleID=1809954&elq=582dbc964fd04834810737df40786859&elq
CampaignId=254