Transplante de células estaminais do tecido do cordão umbilical em doentes com dor lombar crónica

A dor lombar crónica é uma das principais causas de incapacidade física tendo por isso um grande impacto socioeconómico. A degeneração do disco intervertebral é a principal causa de dores lombares crónicas. A terapêutica da dor lombar crónica provocada pela degeneração do disco intervertebral tem sido tradicionalmente limitada a tratamentos conservadores, que incluem o recurso a analgésicos e fisioterapia, ou à cirurgia, a qual é normalmente considerada quando os tratamentos conservadores se revelam ineficazes. As terapêuticas atualmente disponíveis tratam os sintomas mas não as alterações do disco intervertebral, não resolvendo o problema subjacente. Uma potencial estratégia terapêutica para restaurar a função biológica normal do disco poderá ser o aumento da população celular do mesmo. Devido ao potencial proliferativo e à capacidade de multi‑diferenciação, as células … Continuar a ler