• Escolha com confiança.
    Escolha a segurança
    da crioestaminal.

    A Crioestaminal foi eleita Prémio Cinco Estrelas pelo 2º ano consecutivo
    e Escolha do Consumidor, pelo 5º ano consecutivo.

  • Guardar ou doar

    As células estaminais são um bem que deve ser preservado.
    Conheça aqui as opções do único Banco Familiar e de Investigação em Portugal.

  • Primeiro e maior banco
    de criopreservação em Portugal

    E também o único laboratório acreditado pela Associação Americana de Bancos
    de Sangue(AABB), garantindo a maior qualidade no processamento das células
    estaminais e uma maior segurança que poderão ser usadas
    em todas as geografias.

  • Mais de 100.000 famílias já nos
    confiaram as suas células estaminais

    Conheça os momentos marcantes dos 14 anos de experiência
    e qualidade da Crioestaminal.

  • Conheça os casos de utilização de
    células estaminais da crioestaminal

    A Crioestaminal já contribuiu para 15 transplantes em 10 crianças, sendo o banco com mais experiência neste âmbito em Portugal.

O cordão umbilical

Conheça esta fonte rica em células estaminais e as suas propriedades.

Saber mais

Guardar ou Doar

O único Banco Familiar e de Investigação em Portugal.

Saber mais

Casos de sucesso

Conheça alguns dos transplantes realizados, em Portugal e no Mundo, a partir de células estaminais do cordão umbilical.

Saber mais

Crioestaminal

Um banco único em Portugal


  • Experiência

    O primeiro Banco Familiar em Portugal e que conta com mais de 100.000 amostras de células estaminais criopreservadas.


  • Rigor

    Único laboratório em Portugal com uma acreditação internacional, o que lhe
    garante a maior qualidade e segurança ao longo dos 25 anos de criopreservação.


  • Investigação

    Único banco de doação para investigação e desenvolvimento.


  • Crioestaminal no topo da preferência dos portugueses

    A Crioestaminal, foi eleita Prémio Cinco Estrelas e Escolha do Consumidor, pelo quarto ano consecutivo, na categoria de criopreservação.

Soluções à medida da sua família

Conheça as nossas soluções de criopreservação do sangue e do tecido do cordão umbilical e encontre a opção ideal para a sua família.Ver Soluções e Preços

Um momento decisivo

O parto é o único momento em que pode ser feita a criopreservação de células estaminais do cordão. Se optar por não guardar as células estaminais do cordão umbilical, este será descartado no hospital e as células serão perdidas.

 

 

Saber mais

investigação crioestaminal

  • 4 patentes registadas sendo a primeira empresa nacional a deter patentes para tratamentos com base em células estaminais.
  • Investimento superior a 2 milhões de euros em investigação no setor.
  • Parcerias com instituições de vanguarda do setor científico nacional.

    Notícias

    Ver mais

    Crioestaminal reforça posicionamento ao unir-se à Famicord

    A união da Crioestaminal  à Famicord dá origem ao maior grupo europeu de criopreservação de células estaminais

    A Crioestaminal, o primeiro e maior banco de criopreservação em Portugal, assina acordo para integração no Grupo FamiCord, empresa com 7 Bancos de Sangue e Tecido do Cordão Umbilical. Atualmente, é um dos maiores bancos de células estaminais da Europa, com mais de 225 mil amostras armazenadas.

    A união da Crioestaminal com o FamiCord vem reforçar a liderança europeia no setor da criopreservação de células estaminais e, graças à experiência de que dispõe em termos de disponibilização de amostras para transplante, irá proporcionar às famílias uma ainda maior garantia de segurança e qualidade.

    Segundo André Gomes, Fundador e Diretor Geral da Crioestaminal, “É com grande satisfação que nos unimos ao Grupo FamiCord, que partilha os mesmos valores e visão na área das células estaminais e, em conjunto, criamos o maior banco de criopreservação de sangue do cordão umbilical na Europa. Esta união permitirá que as duas empresas, que mais investem em I&D e em terapias celulares na Europa, reforcem o desenvolvimento de novas terapêuticas que, consequentemente, permitam tratar mais doentes”.

    O Grupo FamiCord está presente em 11 países Europeus e, até à data, já libertou 42 amostras de sangue do cordão umbilical para transplantes em diversas patologias (25 na Polónia, 4 na Hungria, 12 na Turquia, 1 na Jordânia).

    O Grupo Famicord, tal como a Crioestaminal tem vindo a fazer uma aposta contínua na área das novas terapias celulares e em Investigação e Desenvolvimento. Neste âmbito, o Grupo Famicord já realizou mais de 1600 tratamentos com várias fontes de células estaminais, nomeadamente com células estaminais mesenquimais, presentes no tecido do cordão umbilical.

    Consulte a notícia completa aqui.

     

    Crioestaminal acreditada pela 5ª vez consecutiva pela AABB

    A Crioestaminal acaba de ver renovada pela 5ª vez consecutiva a acreditação pela Associação Americana de Bancos de Sangue, AABB, para os serviços de criopreservação do sangue e do tecido do cordão umbilical, reforçando, assim, o seu posicionamento a nível Europeu.

    A acreditação emitida pela AABB assegura que os processos da Crioestaminal se encontram em conformidade com as normas estabelecidas no que respeita às fases de recolha, processamento, criopreservação, análise e distribuição das células estaminais do sangue e do tecido cordão umbilical. A AABB avalia, com base em critérios rigorosos, a qualidade das instalações, procedimentos, formação dos quadros técnicos, segurança e a qualidade de todos os métodos utilizados pelos bancos de sangue a nível mundial.

    “Renovar a acreditação pela AABB é motivo de orgulho para a Crioestaminal, mas também de muita responsabilidade. Significa, acima de tudo, que mantemos elevados os nossos padrões de qualidade, a segurança máxima de todos os métodos que utilizamos e o excelente desempenho da nossa equipa”, refere André Gomes, Fundador e Diretor Geral da Crioestaminal.

    A Crioestaminal é o único laboratório na Europa acreditado pela AABB, para os serviços de criopreservação do sangue e do tecido do cordão umbilical, num total de 11 bancos de criopreservação de células estaminais acreditados.

    Consulte o certificado aqui

     

     

    Investigador do i3S é o vencedor da 10.ª edição do Prémio Crioestaminal

    Com o projeto “Identification of Thymic Epithelial Stem Cells in vivo”, o investigador Nuno Alves, do Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC)/ Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S), Universidade do Porto é o vencedor da 10.ª edição do Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica.

    As duas Menções Honrosas foram entregues às investigadoras Rita Fior, da Fundação Champalimaud, com o projeto “Molecular mechanisms of innate immune evasion and recognition”, e Susana Solá, do Instituto de Investigação do Medicamento da Universidade de Lisboa (iMed.ULisboa), com o projeto “Metabolic Control of Neural Repair by Diet and Gut Microbiome during Aging”.

    Os vencedores do Prémio Crioestaminal e das Menções Honrosas apresentaram os seus projetos, no passado dia 23 de maio, numa cerimónia nas instalações do i3S, no Porto. O projeto vencedor recebeu um prémio no valor de 20 mil euros, um dos mais elevados em Portugal nesta área de investigação. Bruno Costa-Silva, investigador da Fundação Champalimaud, vencedor da 9.ª edição, fez uma breve apresentação do seu projeto “The role of pancreatic cancer-derived exosomes in mediating bone marrow cell recruitment to the pre-metastatic liver” e o impacto do galardão para o desenvolvimento do mesmo.

    A 10ª edição do Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica foi uma das mais concorridas deste galardão, com um total de 72 candidaturas recebidas. Ao Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica candidataram-se projetos nas áreas do Cancro (15), Doenças Neurodegenerativas (12), Neurociências (13), Células Estaminais e Regeneração Celular (10), Microbiologia (6), Infeção e Imunidade (5). Fertilidade (3), Doenças Cardiovasculares (3), Malária (2), Diabetes (2), Bioengenharia (1).

    O Prémio Crioestaminal em Investigação Biomédica, que resulta da parceria entre a Crioestaminal e a Associação Viver a Ciência, visa distinguir e apoiar projetos de investigadores, portugueses ou estrangeiros, doutorados há mais de três anos e há menos de dez, que se proponham a realizar um projeto de investigação autónomo, na área da Biomedicina numa instituição portuguesa.

     

    Diretor Geral da Crioestaminal orador no congresso científico de terapias celulares, em Londres

    André Gomes, fundador e Diretor Geral da Crioestaminal é um dos oradores convidados da 4.ª edição do Annual Cord Blood World Europe, que decorre entre os dias 16 e 18 de maio, em Londres. O Annual Cord Blood World Europe, integrado no Congresso Mundial de Terapias Avançadas e Medicina Regenerativa, este congresso científico dedicado às terapias celulares e reúne os maiores especialistas mundiais desta área.

    Em debate vão estar as mais recentes descobertas, investigações e aplicações terapêuticas das células estaminais do sangue do cordão umbilical, os métodos de expansão mais recentes, regulação e os desafios diários que os laboratórios enfrentam.

    O fundador e CEO da Crioestaminal integra o painel de discussão “Colaboração e Sinergias entre Bancos de Células Estaminais”, numa sessão dedicada aos “Bancos de Sangue do Cordão Umbilical”. Deste painel fazem também parte a Dra. Joanne Kurtzberg, médica especialista em hemato-oncologia da Universidade de Duke, nos EUA, e pioneira em transplantação com sangue do cordão umbilical; e Colleen Delaney, Fundador e Diretor Médico da Nohla Therapeutics, companhia líder no desenvolvimento de terapias celulares para doentes com neoplasias hematológicas e outras doenças graves.

    O Congresso reúne representantes de bancos públicos e privados de criopreservação de células estaminais de todo o mundo, clínicos, investigadores, órgãos reguladores e fornecedores, para uma visão global do estado da arte e perspetivar o futuro.

    Programa completo do Congresso e outras informações aqui.

     
    Live Chat